CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Em nota, PPS repudia agressões contra Cristovam

O PPS divulgou nota em repúdio as agressões sofridas durante o fim-de-semana pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF) em uma livraria de Brasília.

“É inadmissível que qualquer brasileiro, trate-se de quem se tratar, tenha mandato ou não, seja vítima de atos de intolerância, de ofensas verbais e até de agressões físicas, como está virando moda”, diz trecho do documento em solidariedade ao senador do PPS.

Para o partido, Cristovam “honra as hostes do PPS e a democracia brasileira”. Na nota, a legenda “reafirma e enfatiza sua convicção que somente com o diálogo e a tolerância se conseguirá colocar o país novamente nos trilhos do desenvolvimento social e econômico”.

Veja abaixo a íntegra do texto.

Em solidariedade ao senador Cristovam Buarque (PPS-DF)

A Comissão Executiva do Diretório Nacional do Partido Popular Socialista vem a público manifestar sua mais veemente repulsa e indignação à agressão sofrida pelo senador Cristovam Buarque, do PPS do Distrito Federal, e sua esposa, dona Gladys Buarque, ocorrida ontem, 30/04, em uma livraria de Brasília.

Repudiamos estes tristes tempos de intolerância em que o Brasil foi colocado, alimentados sobretudo por uma permanente linguagem de teor publicitário em que se tem procurado dividir a nação entre “nós” e “eles”, entre o “povo” e as “elites”, sendo chamados de “golpistas” todos aqueles que apoiam o instrumento constitucional do impeachment e muitas outras idiotices mais, tudo objetivando um grupo político manter-se no poder a qualquer preço.

Cristovam Buarque é reconhecido no Senado, por todos os seus pares, independente do partido, como um político que conhece muito bem a realidade brasileira e prima pelo debate de ideias, com postura que justifica a admiração nacional por sua luta pela Educação e por um Brasil melhor para todos.

Tem-se que destacar que sua posição pela admissibilidade do processo de impeachment no Senado se mostrou correta durante o recente e repugnante episódio, já que Cristovam foi apoiado e defendido pelos presentes ao ato de agressão, recebendo uma homenagem em forma de aplauso, o que inibiu o agressor.

É inadmissível que qualquer brasileiro, trate-se de quem se tratar, tenha mandato ou não, seja vítima de atos de intolerância, de ofensas verbais e até de agressões físicas, como está virando moda.

O PPS, em todas as suas instâncias, reafirma e enfatiza sua convicção que somente com o diálogo e a tolerância se conseguirá colocar o país novamente nos trilhos do desenvolvimento social e econômico.

O senador Cristovam Buarque honra as hostes do PPS e honra a democracia brasileira. Ele tem e sempre terá o nosso apoio e, agora, a nossa fraterna solidariedade.

Brasília, 1º de maio de 2016

Roberto Freire

Presidente Nacional do PPS”

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta