CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Eleições 2016: PPS confirma candidaturas próprias a prefeito em todo o País

Reprodução

Em Cariacica (ES), PPS definiu a candidatura de reeleição do prefeito Juninho

As convenções eleitorais estão definindo o lançamento de candidaturas próprias do PPS a prefeito em todos os estados do País. O balanço só vai ser divulgado pela Comissão Eleitoral Nacional depois do encerramento do prazo das convenções, na próxima sexta-feira (05).

Rangel é candidato à reeleição
Rangel é candidato à reeleição

Nesta segunda-feira foram confirmadas diversas postulações às prefeituras de cidades importantes, como a  candidatura de reeleição de Marcelo Rangel, em Ponta Grossa (PR). O atual prefeito vai tentar a reeleição com o apoio de 11 partidos. Além do PPS, formam a aliança: o Democratas (DEM), o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), o Partido Socialista Brasileiro (PSB), o Partido Social Democrático (PSD), o Partido Republicano Brasileiro (PRB), o Partido Republicano da Ordem Social (PROS), o Partido Social Cristão (PSC), o Partido Progressista (PP), o Partido Social Liberal (PSL) e o Partido Verde (PV).

“A experiência nos traz melhor qualidade na gestão. A saída, o caminho é pela educação em tempo integral, pela industrialização, pelo investimento rigoroso na saúde, pela socialização dos serviços, pela valorização dos nossos servidores… enfim, levar Ponta Grossa sempre adiante”, disse.

Em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, o PPS lançou Fábio Sato para disputar a prefeitura local. O vice será Carlos Roberto Biancardi (DEM).

O PPS se uniu em coligação a outros sete partidos para disputar as eleições do Poder Legislativo: Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Social Democrático (PSD), Democratas (DEM), Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Partido Progressista (PP), Partido Trabalhista Nacional (PTN) e Partido Ecológico Nacional (PEN).

Sato é empresário e já concorreu aos cargos de prefeito de Presidente Prudente, em 2012, e de deputado estadual, em 2014. Ele é solteiro e não tem filhos. “Nossa primeira proposta é restabelecer o diálogo, tanto com o servidor municipal, quanto com a cidade, os munícipes. Nós temos uma pesquisa que apontou que 47% dos prudentinos colocaram a saúde como grande desafio. Então, para nós, ela é prioridade número um”, afirmou.

Paneto é candidato em Linhares (ES)
Paneto é candidato em Linhares (ES)

O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e Urbano e de Meio Ambiente de Linhares (ES), Rodrigo Paneto foi o escolhido para concorrer à prefeitura de Linhares, município no Noroeste do Espírito Santo.

Paneto defendeu a renovação política para o município. “Estamos em pleno século XXI, mas a política linharense insiste em permanecer no século passado, com práticas e métodos que a sociedade moderna não tolera mais. Estamos aqui dando a largada para a construção de uma nova Linhares. Queremos viver em uma cidade moderna, eficiente, sustentável, onde as oportunidades possam ser compartilhadas”, disse o candidato.

Em Guarapuava, na região central do Paraná, foi confirmada a candidatura do atual prefeito Cesar Silvestri Filho.

Cesar é candidato à reeleição
Cesar é candidato à reeleição

“A principal proposta é assegurar Guarapuava no caminho em que está indo: de muita prosperidade, onde muitas coisas que nós sonhávamos por décadas se concretizaram. Também melhor a qualidade dos serviços públicos e fazer com que Guarapuava seja uma cidade cada vez mais humana”, disse.

O vice anunciado é o ex-secretário de Agricultura, Itacir Vezzaro, do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Em Cariacica, na Grande Vitória, o atual prefeito Juninho vai disputar a reeleição. Ele disse que deixa como legado as contas em dia. “Não precisamos criticar ou ofender ninguém, vamos falar do nosso trabalho. A gente não precisa fazer uma eleição de criar inimigos. A cidade precisa de união, com menos discursos e mais ação”, falou Juninho.

Geraldo Luzia Junior, o Juninho, tem 42 anos e nasceu no Rio de Janeiro. Tem notoriedade na área esportiva capixaba por ter sido atleta profissional como jogador de futebol da Desportiva Ferroviária, clube de Cariacica.

Foi vice-prefeito de Helder Salomão (PT) no segundo mandato, iniciado em 2008. No final do mandato, em 2012, colocou-se como candidato de oposição a ele, afirmando ter sofrido isolamento político. Derrotou Marcelo Santos (PMDB) no segundo turno, eleito com 85% dos votos válidos em 2012, um recorde no país.

Rafael Diniz será o candidato do PPS à prefeitura de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. A candidatura do vereador foi confirmada na convenção do partido na tarde desse domingo (31).

“Nosso trabalho de campanha vai ser o que a gente vem fazendo, respeitando as pessoas e, acima de tudo, colocando Campos em primeiro lugar, esse é o nosso objetivo. Eu estou aqui hoje para homologar uma candidatura que já está no coração do campista há muito tempo, é a candidatura da renovação”, disse o candidato.

Renzo é candidato em Colatina
Renzo é candidato em Colatina

O vereador Renzo Vasconcelos foi o escolhido candidato para concorrer à prefeitura Colatina, município no Noroeste do Espírito Santo. A indicação ocorreu em convenção neste domingo (31).

O candidato disse que a cidade precisa de um gestor que não dependa financeiramente do salário de prefeito.

“Precisamos de alguém que possa fazer o bem para a cidade sem depender da prefeitura. Estamos discutindo a mobilidade urbana, a qualidade da educação e vamos procurar também gerar mais renda para a cidade através de novas indústrias e empregos. Devemos levar à população serviços que foram esquecidos nos últimos pleitos. O PPS tem condições de discutir a cidade para colocar Colatina nos trilhos certos”, disse o candidato.

Em São Joaquim da Barra (SP), o PPS confirmou nesta segunda-feira a candidatura de Marcelo Mian à prefeitura da cidade. (Com informações do G1)

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta