CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Lula é “comandante máximo do esquema de corrupção” que “instaurou a propinocracia” no País, diz Deltan Dallagnol

Reprodução

Governo Lula foi regido pelo pagamento de vantagens indevidas, afirmou procurador

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira (14) que o ex-presidente Lula é o ‘comandante máximo do esquema de corrupção’ identificado na investigação sobre cartel e propinas na Petrobrás. Segundo ele, “Lula é o grande general” que “instaurou a propinocracia” no País. Dallagnol disse que propina destinada ao ex-presidente supera a quantia de R$ 3 milhões. Caso a denúncia seja aceita pela Justiça, Lula se tornará réu em mais um processo.

A Lava Jato denunciou formalmente nesta quarta-feira, 14, Lula, a ex-primeira dama Marisa Letícia, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, o empresário Léo Pinheiro, da OAS, dois funcionários da empreiteira e outros dois investigados no caso no caso da reforma do apartamento tríplex do Condomíno Soláris, no Guarujá (SP), litoral paulista, realizada pela empreiteira.

Gráfico mostra papel de Lula no esquema
Gráfico mostra papel de Lula no esquema

Na denúncia contra Lula, o Ministério Público Federal pede o confisco de R$ 87 milhões. A acusação aponta ’14 conjuntos de evidências que se juntam e apontam para Lula como peça central da Lava Jato’. Segundo a denúncia, o ex-presidente poderia ter determinado a interrupção do esquema criminoso.

“Essas provas demonstram que Lula era o grande general que comandou a realização e a continuidade da prática dos crimes com poderes para determinar o funcionamento e, se quisesse, para determinar sua interrupção”, disse Dallagnol.

Deltan Dallagnol também chamou o governo Lula de governo da propinocracia. Ele declarou ainda que Lula é o ‘verdadeiro maestro dessa orquestra criminosa, o seu real comandante’.

“Propinocracia”

O coordenador da LavaJato relembrou as semelhanças entre o caso do mensalão e o esquema de pagamentos de propinas na Petrobras para apresentar o que chamou de “propinocracia”, um governo que, de acordo com o procurador, é regido pelo pagamento de vantagens indevidas. (Com informações das agências de notícias)

Sabia mais

Denúncia do MPF contra Lula deverá ser aceita pela Justiça, afirma Freire

Ex-presidente Lula é denunciado pela força-tarefa da Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro

Denúncia desmonta farsa de Lula e mostra que ele se beneficiou do petrolão, afirma Rubens Bueno

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta