CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

PPS se consolida na gestão municipal, diz Rubens Bueno sobre desempenho do partido

Robson Gonçalves

PPS foi terceiro colocado no segundo turno, salientou o líder

O líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR), disse que a vitória do PPS em cinco municípios no segundo turno “demonstra, efetivamente, que o partido se consolida na gestão municipal, onde a participação democrática da cidadania faz o papel maior, a começar da célula primeira do país, que é o município”.

O deputado disse ainda que o partido se preparou para a administração municipal e fez campanhas verdadeiras, debatendo propostas que vão ao encontro dos anseios da população. “Temos o PPS como o terceiro colocado no segundo turno em número de prefeitos eleitos, numa demonstração de que o nosso partido recebe os aplausos da população brasileira”, salientou.

Segundo Rubens Bueno, os habitantes dos municípios em que os prefeitos do PPS foram eleitos “podem esperar seriedade, compromisso público, projetos que respondam às expectativas da população nos mais diferentes segmentos e, sobretudo, a resposta adequada ao momento de crise que estamos vivendo”. Para o líder, também a austeridade e o compromisso com a população de fazer valer o dinheiro público marcarão as administrações do PPS.

O partido disputou prefeituras em sete cidades no segundo turno. Foram reeleitos os prefeitos Luciano Rezende (Vitória-ES), Juninho (Cariacica-ES) e Marcelo Rangel (Ponta Grossa-PR). O PPS conquistou também as prefeituras de São Gonçalo (RJ), com o deputado estadual José Luiz Nanci, e de Montes Claros, com a eleição do ex-deputado federal Humberto Souto.

Derrota do PT

Sobre o recuo do PT nas eleições de 2016, Rubens Bueno disse que o partido “recebe do povo brasileiro a devida compensação pelo mal que causou em termos de gestão para o país, ao destruir a economia, o emprego e a luta ética”. O deputado lembrou que, ao chegar ao poder, “ficou claro que no PT se gestou uma grande organização criminosa, que recebeu o voto não da população brasileira”.

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta