CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Hemofilia: Carmen defende atendimento de qualidade para os pacientes

Robson Gonçalves

O fórum sobre hemofilia contou com participação de representantes da sociedade e governo

A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) disse que o governo tem de garantir atendimento público de qualidade aos hemofílicos no país. A doença é considerada rara, caracterizada por um distúrbio genético e hereditário que afeta a coagulação do sangue.

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 12 mil pessoas têm a doença no país. O assunto foi o tema central do fórum realizado, nesta quinta-feira (31), na Comissão de Seguridade Social e Família.

“Há avanços, mas ainda precisamos garantir que todos tenham acesso ao tratamento e à garantia dos medicamentos em domicílio”, afirmou Zanotto, que é autora do requerimento para a realização do fórum.

O tratamento para hemofilia é feito com a reposição dos fatores de coagulação que estão deficientes na pessoa, que é o fator VIII, no caso da hemofilia tipo A, e o fator IX, no caso da hemofilia tipo B. Quando os mesmos são repostos ao longo do tratamento, ajudam a pessoa com hemofilia a levar um vida normal e sem muitas restrições.

Segundo Zanotto, o fórum foi importante para detectar que ainda há alguns gargalos na política implementada pelo Ministério da Saúde para atender aos hemofílicos, um dos problemas é lista de espera de doentes com hemofilia para as cirurgias hortopédicas. “É preciso retirar esses pacientes das filas para que eles possam ter uma vida produtiva e de qualidade”, disse a parlamentar.

Convidados

O Fórum Desafios da Política de Hemofilia contou com a participação do representante do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (HEMOSC), Guilherme Genovez; da presidente da Federação Brasileira de Hemofilia, Tania Pietrobelli; da médica hematologista e hemoterapeuta Cláudia Lorenzato; da diretora de Produtos Estratégicos e Inovação da Hemobrás, Laura Barreto Carneiro; e do coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, Flávio Francisco Vormittag.

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta