CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Regis Cavalcante defende maior participação da juventude na política

Reprodução

Renovação na política passa pela geração que veio com computador, diz Regis

O secretário de Ciência e Tecnologia de Alagoas, Regis Cavalcante, defendeu, ao ser questionado sobre a importância da renovação política no Brasil, a maior participação dos jovens no processo eleitoral e partidário. Segundo ele, que também é secretário nacional de Finanças do PPS, a nova geração está mais conectada com o mundo e precisa contribuir com País.

Regis Cavalcante“Essa discussão da renovação passa sobretudo por uma geração que veio com o computador, diferentemente de outras que foram aprender a mexer no computador e era acostumada com a máquina de escrever. Isso tudo mudou para uma relação nova. Cada vez mais a juventude está ligada nesse processo, interagindo a dando suas opiniões. Esse pessoal precisa vir para a atividade partidária e para o processo eleitoral que se avizinha”, defendeu.

Mudanças

Regis destacou que nas eleições do próximo ano o Brasil terá a grande oportunidade de escolher o novo presidente da República para os próximos quatros anos e definir os rumos da Nação.

“O Brasil terá uma grande oportunidade em 2018. Somos uma grande Nação e precisamos avançar nesse sentido. A juventude tem que cumprir o seu papel. Não só com o voto, mas se filiando aos partidos. Nós do PPS temos essa facilidade para atrair novos quadros. Sempre fizemos um debate profundo sobre o que é um partido. Defendemos questões importantes no campo da juventude, da ciência e tecnologia. Estamos linkados com essas questões”, afirmou.

Ele disse ainda que o momento eleitoral será para fazer uma “grande varredura” e escolher representantes comprometidos com o futuro do Brasil.

“As eleições será o momento de fazer uma grande varredura e colocar gente nas Assembleias Legislativas e no Congresso Nacional comprometida com o novo. Mas não aqueles com posições cartoriais, corporativistas e atrasadas, porque isso é o que precisa mudar efetivamente na política. Precisamos de pessoas envolvidas com a Nação e com o que é republicano depois de todos esses escândalos e mal feitos cometidos pelos governos lulopetistas”, disse Regis. .

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta