CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Em janeiro, setor de serviços no País recuou 1,9%, diz IBGE

Reprodução

A queda vem após setor subir 1% em novembro e 1,5% em dezembro

O volume do setor de serviços no País caiu 1,9% em janeiro na comparação com dezembro, a mais intensa desde março de 2017, quando recuou 2,7%. Os dados da PMS (Pesquisa Mensal de Serviços) foram divulgados nesta sexta-feira (16) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A queda vem após subir 1% em novembro e 1,5% em dezembro. Em relação a janeiro do ano passado, o volume de serviços caiu 1,3%. Já a taxa acumulada em 12 meses teve queda de 2,7%.

“A taxa acumulada em 12 meses está numa trajetória ascendente desde abril de 2017, quando estava em -5,1%. Isso significa que as taxas estão cada vez menos negativas”, destacou Rodrigo Lobo, gerente da Coordenação de Comércio e Serviços do IBGE.

Segundo o Lobo, o volume de serviços no Brasil está 12,4% abaixo do pico mais alto do setor, registrado em novembro de 2014, e voltou a se aproximar do ponto mais baixo da série histórica, que foi em março de 2017. “Está apenas 1,1% acima deste ponto mais baixo”, explica.

Cenário nos estados

No cenário regional, na comparação com dezembro de 2017, as variações negativas que mais contribuíram para a formação do índice nacional ficaram com São Paulo (-1,4%), Rio de Janeiro (-2,7), Santa Catarina (-7,6%), Rio Grande do Sul (-2,4%) e Distrito Federal (-2,1%). Em contrapartida, as principais influências positivas vieram do Ceará (19,4%) e da Bahia (4,3%).

Na comparação com janeiro de 2017, sem ajuste sazonal, Rio de Janeiro (-3,9%), Distrito Federal (-6,1%), Minas Gerais (-2,4%), Pernambuco (-5,7%) e Ceará (-6,0%) apresentaram as quedas mais intensas. São Paulo (0,6%), por outro lado, apresentou a expansão mais relevante (0,6%). (Com informações do IBGE e agências de notícias)

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta