CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Jordy cobra parceria de governos para conter escalada da violência no Pará

Robson Gonçalves

“O que está por trás disso é o crime organizado", diz o parlamentar paraense

O deputado federal Arnaldo Jordy (PPS-PA) defendeu nesta quarta-feira (11) que haja um acordo entre os governos federal e estadual para conter a violência que chegou a níveis alarmantes no estado do Pará.

O parlamentar relatou que além da execução de jovens, as mortes de policiais já quase alcançam a duas dezenas em 2018.

“Já são 18 policiais este ano mortos no estado do Pará e dezenas de jovens e cidadãos de bem sem nenhuma passagem policial, sem nenhum registro de delinquência que também estão sendo abatidos. Nós pedimos às autoridades competentes, ao Secretário de Segurança Pública, inclusive ao ministro Jungmann, que possam estabelecer uma parceria. Nós precisamos de ajuda da Polícia Federal, dos órgãos de segurança federais em uma parceria para tentar conter isso”, cobrou Jordy.

Entre a noite de segunda-feira (9) e a de ontem (10), 11 pessoas foram executadas na região metropolitana de Belém. E na noite da última terça-feira (11), durante tentativa de fuga em um dos presídios paraenses, 21 pessoas morreram, entre eles, um agente penitenciário.

“O que está por trás disso, segundo informações da polícia e da sociedade, é o Comando Vermelho, é o crime organizado, é o negócio do tráfico de drogas que está alimentando esta cadeia de violência que hoje se abate como nunca visto no Estado do Pará. Portanto, fica aqui o nosso apelo para que essa onda de violência possa ser sustada e para proteger policiais e civis que estão sendo vítimas”, acrescentou Arnaldo Jordy.

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta