CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Humberto Souto anuncia coleta de lixo na zona rural de Montes Claros (MG)

Fábio Marçal/PMMC

Medida irá solucionar de vez o problema do descarte de resíduos sólidos na zona rural

O prefeito Humberto Souto (PPS) anunciou na última sexta-feira (24) o início da coleta de lixo nos distritos rurais da cidade. A medida de saúde pública vai beneficiar todos os distritos e as comunidades que margeiam as principais estradas do município. Durante o encontro com representantes das comunidades rurais, o prefeito falou sobre o trabalho que vem sendo feito em toda a zona rural do município.

“Desde o início eu venho mostrando o forte compromisso que tenho com a zona rural. A água potável já começou a chegar aos distritos. Da mesma forma, temos investido na melhoria das estradas e na ampliação dos serviços de saúde e educação. Agora estamos adotando esta medida que irá solucionar de vez o problema do descarte de resíduos sólidos na zona rural. A coleta regular nos distritos vai melhorar a qualidade de vida das pessoas, tornando-se uma importante ação de saúde pública e saneamento”, explicou Humberto Souto.

Nos próximos dias um cronograma será estabelecido entre as secretarias de Serviços Urbanos e de Agricultura e Abastecimento para o início da coleta.

Paralisação dos serviços públicos

Também na sexta-feira (24), o prefeito Humberto Souto recebeu a imprensa para falar sobre o Decreto nº 3735/18, que suspende o expediente nas repartições públicas do município nesta segunda-feira (27). A medida será em protesto contra o governo do estado de Minas Gerais, que não tem efetuado o repasse de recursos necessários para a garantia de serviços essenciais de saúde e educação.

“Desde o ano passado o estado não repassa recursos da saúde e desde janeiro deste ano não tem repassado também os recursos do Fundeb. Estes recursos são constituídos por uma parcela de 50% do governo federal e outra de 30% do governo do estado, que não vem repassando como deveria. Além disso, restam 20% que pertencem ao município, pois são recursos do IPVA e do INSS, que estão sendo retidos de forma irregular pelo governo de Minas. Estamos chegando a um momento desesperador de não ter recursos para manter as escolas, por isso este protesto foi iniciado”, afirmou o prefeito.

Todos os serviços públicos municipais serão interrompidos nesta segunda-feira (27), incluindo a rede municipal de ensino. (Prefeitura de Montes Claros/Bruno Albernaz)

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta