CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Frederico Monteiro e Felippe Monteiro: O que queremos ser?

A eleição de 2018 deixou um vazio na política brasileira: tradicionais prognósticos eleitorais foram devastados por uma “tsunami de “renovação”, cabendo à nova era repensar os passos e sua forma, para não sofrer com novas surpresas…

O contexto pós-eleição deixou o País dividido em dois polos nocivos à população, a extrema direita e a esquerda, que até então estava dividida e terá de se reorganizar para ser combativa neste novo cenário de oposição ao Governo. Sendo assim, o PPS, com toda expertise de seus quadros e movimentos, deve se colocar em um patamar distinto de ambos, trazendo esperança para aqueles que não se enquadram em nenhum desses polos e carecem de uma representatividade.

A Juventude deve ter um papel central nesta reformulação. Os jovens foram os pilares que sustentaram a mudança na história do nosso País, e é através do mesmo segmento que o Partido pode começar a se transformar em um atrativo político. A discussão de ideias e formação de ideais de representatividade deve ser fomentada de maneira intrínseca, legitimando todos os novos direcionamentos sociais e políticos que o movimento partidário deve tomar.

A possibilidade da fusão com o Rede Sustentabilidade que significaria um somatório de ideias de um organismo democrático e horizontal em pleno funcionamento, a proximidade de ideias e o chamamento dos movimentos Agora!, Livres, RenovaBr, dentre outros, é fundamental para oxigenação deste movimento atual que precisa se reinventar para recuperar e construir novos espaços junto a sociedade civil democrática.

A partir da Juventude este movimento quer gerar um fórum de ideias denominado “O QUE SEREMOS?”, para que junto com outros segmentos possamos traçar diretrizes, trazer pautas de convergência e novos direcionamentos que nos levem ao encontro dos cidadãos que não se sentem representados pelas atuais lideranças políticas.

A ideia é trazer lideranças de movimentos sociais para participar desse fórum, tornando esse movimento cada vez mais orgânico e democrático. Gerar a união da experiência de nomes tradicionais e experimentados da política partidária com o ímpeto e os anseios dos novos personagens da política atual.

O que seremos?

Frederico Monteiro e Felippe Monteiro, JPS (Juventude Popular Socialista) Rio de Janeiro

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta