CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Marcos Abrão defende recursos para construção de conjuntos habitacionais

Divulgação

Medida da Aneel trará impacto financeiro a estados e municípios, diz Marcos Abrão

O deputado federal Marcos Abrão (PPS-GO), durante audiência pública na  Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara, manifestou-se contrário à resolução da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) que repassas aos  estados e municípios os custos da implantação de redes de distribuição de energia  nos nos conjuntos habitacionais.

De acordo com resolução, as redes para distribuição de energia nos empreendimentos não será mais das concessionárias de energia elétrica.

Para Abrão, a medida é “extremamente prejudicial porque traz mais impacto financeiro para o setor público, que é quem contrata as unidades habitacionais. Com maiores custos, a quantidade de moradias de interesse social será reduzida.  O país recuará no combate ao déficit habitacional e na realização do sonho da casa própria para milhares de famílias que precisam sair do aluguel”, alertou o parlamentar, que integra a comissão.

Marcos Abrão presidiu a Agehab (Agência Goiana de Habitação) e foi responsável pela contratação de mais de 50 mil casas populares em Goiás.

O parlamentar avalia que “além dos gastos com obras de infraestrutura básica das redes de distribuição de energia elétrica, o setor público sofre com a diminuição dos recursos do orçamento do Programa Minha Casa Minha Vida previsto para 2019. É preocupante a situação do programa hoje e isso afeta a parcela mais necessitada da nossa população”, disse.

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta