CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Sérgio Moro diz que Polícia Federal vai investigar “laranjas” do PSL

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse, nesta quinta-feira (14), que a suspeita de que uma candidata do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, teria sido usada como laranja somente para receber recursos do fundo eleitoral vai ser investigada. O foco da apuração será o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, que ocupava a presidência do partido no ano passado.

Segundo Moro, a orientação de Bolsonaro é de que a denúncia feita pela imprensa seja apurada o quanto antes.

“O presidente Jair Bolsonaro proferiu uma determinação e ela está sendo cumprida. Os fatos serão apurados e eventuais responsabilidades, após as investigações, serão definidas”, disse.

No centro da crise aberta no governo estão o presidente atual do PSL, o deputado federal Luciano Bivar (PE), e Bebianno. Reportagem da Folha de S.Paulo do último domingo (10) revelou que o grupo de Bivar criou uma candidata laranja em Pernambuco que recebeu do partido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição. O dinheiro chegou às mãos da candidata três dias antes das eleições.

A revelação do esquema de candidaturas laranjas no partido de Bolsonaro em 2018 provocou uma crise no governo, alavancada pelo ataque nesta quarta-feira (13) do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, a Bebianno. (Com informações da Agência de notícias)

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta