CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Líder do PPS na Câmara sobre projetos anticrime: “Caixa 2 não pode ser aliviado”

Robson Gonçalves

“A bancada apoia medidas anticrime, mas vamos propor alteração no que for necessário"

O líder do PPS na Câmara, deputado Daniel Coelho (PE), reafirmou, nesta quarta-feira (20) o compromisso da bancada com os projetos anticrime entregues ontem pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao Congresso Nacional, mas ressaltou que a proposta que criminaliza o “caixa 2” de campanhas eleitorais não pode ser aliviado durante sua tramitação.

O governo, ao levar o pacote de segurança à Câmara dos Deputados, dividiu as propostas em três projetos. Uma delas propõe a criminalização dos responsáveis pela não contabilização de recursos financeiros em campanhas. Hoje, o caixa 2 é tratado na lei eleitoral como omissão de informações.

“Já havia dito que apoiávamos o pacote de segurança de Moro, mas essa estratégia de fatiar o caixa 2 não tem nosso respaldo. Não podemos aliviar ou tratar diferente os crimes praticados por políticos”, destaca o líder do PPS.

Daniel Coelho acrescentou que a bancada acompanhará o ritmo de tramitação dos projetos que compõem o pacote de segurança.

 “A bancada do PPS apoia as medidas de combate à criminalidade, mas vamos propor alteração no que for necessário, entretanto, desde já estamos vigilantes quanto ao tramite, principalmente, do projeto que criminaliza o caixa 2. Este último tema é tão prioritário quanto os demais e deverá ser apreciado no tempo e na forma como as demais mudanças propostas pelo governo para análise deste Parlamento”, disse o líder.

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta